Fakini fará a gestão da linha de vestuário da PepsiCo. no Brasil

No Brasil há mais de 60 anos com marcas de bebidas e alimentos, a PepsiCo. tem, a partir de agora, uma nova parceira para o desenvolvimento de produto, produção e distribuição da sua marca de roupas. A Fakini Malhas, de Pomerode (SC), já trabalha na coleção verão que tem lançamento previsto para junho deste ano.

Para Francis G. Fachini, diretor comercial da Fakini, é um privilégio para a empresa ser a licenciada oficial da marca no Brasil. A PepsiCo. é uma marca reconhecida mundialmente e as peças visam trazer um novo perfil de público, o adulto jovem”, diz. “A licença se mostrou uma excelente oportunidade de nos aproximarmos desse mercado, com produtos de valor agregado e ligação direta com a moda mais atual possível”.

Para o desenvolvimento da nova coleç&atil de;o da Pepsi Co., a empresa contratou o estilista Társis Medeiros que acumula experiências nacionais no desenvolvimento de produto para jovens de 16 a 29 anos. O lançamento será na coleção Verão 2013, que engloba peças para a primavera-verão e alto verão. Serão 60 produtos para público masculino e feminino.

A expectativa da Fakini é atingir, no primeiro ano de trabalho, cerca de 200 mil peças vendidas em todo país. A força de vendas da empresa conta com 80 representantes e será reforçada por um grupo de representantes mais focado no segmento moda adulta, visando trazer um perfil de clientes ainda nao trabalhados pela empresa, que tem seu foco no segmento infantil e juvenil.

Sobre a Fakini
Especializada em produtos de malharia, a Fakini é uma empresa familiar com sede em Pomerode (SC). A empresa trabal ha com as marcas próprias: Fakini Kids, Teen, Women, Men e Playground. Também com uma vasta gama de licenciadors, como Disney, The Simpsons, Pucca, Smurfs, Transformers, Batman, Ursinhos Carinhosos, ThunderCats, Tartarugas Ninja, Playstation e Bob Esponja.

O volume de produção da empresa é de 1 milhão de peças ao mês, vendidas em mais de 6.000 pontos de vendas em todos os estados brasileiros, gerando cerca de de 600 empregos diretos. Em 2012 a empresa cresceu aproximadamente 30% e espera repetir o feito em 2013, principalmente com a gestão de marcas, como a Pepsi.

Crédito: Actonove Fashion Studio

Crédito: Actonove Fashion Studio

Crédito: Actonove Fashion Studio

Crédito: Actonove Fashion Studio

Fonte: Melz | Assessoria de imprensa – Fakini

Anúncios

Fakini Malhas cresce 30% em 2012 e aumenta a capacidade de produção para 1 milhão de peças ao mês

Até 2006, a Fakini Malhas engrossava o número de indústrias catarinenses que trabalhavam com private label. Uma decisão estratégica da empresa mudou o foco do negócio e a companhia de Pomerode (SC) passou a investir em marcas próprias e licenciamento de produtos. Também passou a realizar internamente todas as etapas da produção: desde tecimento dos tecidos ate a confecção e acabamento dos produtos.

Os investimentos começam a dar resultados. Em 2012, a empresa cresceu 30% e aumentou sua capacidade de produção de 800 mil para 1 milhão de peças ao mês. O número de empregos diretos atualmente é de 600 com mais 600 indiretos. Só no último ano, a Fakini estreou com produtos adulto e de camisaria femininos, camisas polos adulto e infantil e numa linha premium, além de novos licenciados.

Francis G. Fachini, diretor comercial, comenta que as perspectivas para 2013 seguem as melhores possíveis. “Com todas essas mudanças e evoluções da marca Fakini, pretendemos seguir neste ritmo de crescimento”, complementa. A expectativa é de 20 a 25% de incremento em relação a 2012.

O mau momento da indústria: desafio que está sendo vencido
Nos dois últimos anos, as indústrias têxteis não tiveram bons momentos, especialmente pela invasão de produtos asiáticos e com a carga tributária brasileira que, segundo Francis, inibe a competitividade.

Para reverter esse processo, em 2009 a Fakini passou por uma reformulação comercial, focando a produção e a venda no varejo nacional. De acordo com Francis, essa mudança trouxe novas perspectivas e objetivos. “Com está reformulação, praticamente, iniciamos em um novo mercado. Isso nos proporcionou um crescimento considerável, passando quase despercebidas as dificuldades que o mercado passou”, salienta.

A empresa já conta com três Fakini Stores, lojas da empresa, que comercializam todos os produtos confeccionados. Uma delas, junto à fábrica, é própria e focada no consumidor final. As outras duas, em Indaial e Rio do Sul, são franquias voltadas para o atacado.

Mais sobre a empresa
A Fakini Malhas foi fundada em 1994 pelo desejo empreendedor de Moacir Luiz Fachini e sua esposa Carmen. Eles perceberam o potencial de uma indústria têxtil na região de Pomerode (SC). Hoje tem quatro unidades fabris que somam 20 mil metros quadrados, a empresa é especializada em moda em malhas de algodão e tem como princípios a qualidade e o preço acessível de seus produtos.

Francis Fachini | Crédito: Tainá Claudino dos Santos

Francis Fachini | Crédito: Tainá Claudino dos Santos

Parque fabril da Fakini Malhas | Crédito: Luiz Gama Junior

Parque fabril da Fakini Malhas | Crédito: Luiz Gama Junior

Fonte: Melz | Assessoria de imprensa – Fakini